Image LOGO

7 A 10 DE OUTUBRO

MATINHA - LISBOA

O Festival Iminente está de volta e tem uma nova casa

LOTAÇÃO LIMITADA

Obrigado. Verifica o teu email.

Assina a newsletter e serás notificado desta e todas as outras novidades.

Obrigado. Verifica o teu email.

COMO CHEGAR

DIA 04 DE SHLOCADOS À VENDA ÀS 16.00H.

O BILHETE CUSTA 10 €/DIA. E SÓ HÁ 4500 POR DIA.

ASSINA AQUI A NOSSA NEWSLETTER E SERÁS NOTIFICADO DESTA E TODAS AS OUTRAS NOVIDADES.

dia

8

-

16:30
Palco Choque

Em 2018 a OCDE denunciou que em Portugal são precisas cinco gerações para que uma família saia de uma situação de pobreza. Nas áreas metropolitanas do país a pobreza concentra-se nos bairros sociais de promoção pública e ainda nos bairros de auto-produção ainda existentes. Construções e espaços urbanos onde se fundem percursos migratórios internos e externos. Recentemente e já em plena pandemia, um estudo da Nova SBE revela que 25% dos estrangeiros não europeus estão em risco de pobreza no país e que o factor distintivo para esse risco é o percurso académico e curricular. Como podemos criar ruptura com o status quo? Com que ferramentas? Como podemos ver o território como potência? E afinal, o que tem isto tudo a ver com representação?


Moderação

Joana Gorjão Henriques

 

Participantes

Flavio Almada

Nuno Varela

Paula Cardoso

LINKS SOCIAIS

TERRITÓRIOS COMO PERTENÇA: DESIGUALDADES E CAPITAL HUMANO