MAIN LOGO
SECOND LOGO

IMINENTE
FESTIVAL
URBANO
DE ARTE
E MÚSICA

LISBOA
PANORÂMICO
DE MONSANTO

Assina a newsletter e serás notificado desta e todas as outras novidades.

Obrigado. Verifica o teu email.

IMINENTE
FESTIVAL
URBANO
DE ARTE
E MÚSICA

Image

LISBOA

PANORÂMICO DE MONSANTO

O MELHOR É FICARES EM CASA

E SE VIERES NÃO TRAGAS CARRO

COMO CHEGAR

DIA 04 DE SHLOCADOS À VENDA ÀS 16.00H.

O BILHETE CUSTA 10 €/DIA. E SÓ HÁ 4500 POR DIA.

ASSINA AQUI A NOSSA NEWSLETTER E SERÁS NOTIFICADO DESTA E TODAS AS OUTRAS NOVIDADES.

dia

21

-

16:30
Palco Cave

Vinda do bairro da Cova da Moura, no concelho da Amadora, Mynda Guevara tem 22 anos e carrega no nome e na atitude uma sede de revolução que está intimamente ligada ao papel ainda muito minimizado das mulheres no rap. O seu rap, em crioulo, é uma forma de expressão verdadeira e emancipatória, e tem vindo a conquistar uma posição de respeito, por força de uma lírica que reflecte o papel de Mynda Guevara enquanto mulher, afro-descendente e rapper no seio de uma sociedade estratificada. A primeira música que escreveu tem por título “Mudjer na Rap” – editada em 2014. É esse também o título do EP que há-de sair em breve, com produção de Charlie Beats, e do qual já se conhecem quatro singles de avanço: “Vazio”, “Bu Silêncio”, “Ken Ki Fla” e “Nha Mundo”. Em 2019, também já a vimos retratada no filme de Raquel Freire, “Mulheres do Meu País”.

LINKS SOCIAIS

MYNDA GUEVARA