MAIN LOGO
SECOND LOGO

IMINENTE
FESTIVAL
URBANO
DE ARTE
E MÚSICA

LISBOA
PANORÂMICO
DE MONSANTO

Assina a newsletter e serás notificado desta e todas as outras novidades.

Obrigado. Verifica o teu email.

IMINENTE
FESTIVAL
URBANO
DE ARTE
E MÚSICA

Image

LISBOA

PANORÂMICO DE MONSANTO

O MELHOR É FICARES EM CASA

E SE VIERES NÃO TRAGAS CARRO

COMO CHEGAR

DIA 04 DE SHLOCADOS À VENDA ÀS 16.00H.

O BILHETE CUSTA 10 €/DIA. E SÓ HÁ 4500 POR DIA.

ASSINA AQUI A NOSSA NEWSLETTER E SERÁS NOTIFICADO DESTA E TODAS AS OUTRAS NOVIDADES.

dia

20

-

16:00
Palco Cave

Quando Óscar Silva apresentou Jibóia no início desta década, tornou bem claro que a sua música iria beber a diferentes trópicos, procurando uma conexão entre climas e ritmos que não obedeceriam a regras de tempo e espaço. Jibóia faz música sem barreira, de forma cósmica, à procura de novos sons, em vez de refletir naqueles que estão mais presentes. A partilha é um elemento crucial na criação da música de Jibóia. Nos seus três lançamentos anteriores procurou colaboradores que ajudassem a criar a dinâmica que queria no seu som. Em “OOOO”, o seu quarto disco, Jibóia assume, definitivamente, o formato banda, juntamente com o baterista Ricardo Martins e o saxofonista André Pinto (aka Mestre André). “OOOO” – que podem ser quatro “o” ou quatro zeros – é uma viagem mais partilhada do que as anteriores. Os três músicos pegam em “Musica Universalis”, de Pitágoras, que relaciona o movimento dos planetas e a frequência (onda) que produzem, com uma harmonia interespacial que essas frequências somadas produzem. Bem redondinho, é música de cosmos, e não é exagero pensar em Sun Ra como inspiração.

LINKS SOCIAIS

JIBÓIA